Uso de impressões 3D na revisão anátomo-clínica da região pélvica feminina

O aprendizado da anatomia humana e das suas condições clínicas associadas necessita de uma grande capacidade de visualização tridimensional. Em cursos de propedêutica ginecológica, nos quais não há a disposição de peças dissecadas da anatomia da pelve feminina, torna-se difícil compreender os conceitos envolvidos na anamnese e exame físico. Diante desse cenário, o uso de peças de revisão anatômica produzidas por impressoras 3D são de enorme valor para esse processo didático.

O objetivo deste trabalho é a produção de peças que facilitem o ensino e o aprendizado de aspectos clínicos relevantes para a prática médica, ou até mesmo para o entendimento por parte de pacientes sobre pontos importantes relacionados à saúde da mulher. Com esse intuito, as peças funcionarão como objetos físicos de aprendizagem e de correlações clínico-antômicas. Haverá produção de roteiros de estudo que expliquem os objetivos de cada peça e auxiliem a sua compreensão.

Assim, uma vez produzidas, as peças permitirão uma rápida revisão de pontos anatômicos importantes para o ensino clínico da ginecologia, como a correlação espacial entre os órgãos encontrados na pelve feminina. A partir daí, poderão ser estabelecidas correlações clínicas com doenças, como o prolapso vaginal. As peças poderão, também, proporcionar explicações sobre assuntos relacionados à sexualidade, como o uso de contraceptivos femininos.

Depois que a produção estiver concluída, as peças (e seus respectivos roteiros de estudo) serão usadas em contextos educacionais e sua eficácia será avaliada no que diz respeito ao ensino de aspectos clínicos ginecológicos e assuntos relacionados à saúde da mulher.


Redes sociais:

Compartilhe pelo link: http://telemedicina.fm.usp.br/portal/wp-content/uploads/2014/manuais/impressoes3DpelvicaFeminina.html

Acesse aqui o site da Telemedicina