Programa de Residência em Psiquiatria da Faculdade de Medicina da USP usa MedUSP Digital para aprendizado e avaliações

Residentes têm acesso a material didático e recursos interativos. Avaliações informatizadas dos professores garantem sigilo e melhoria do curso

O Programa de Residência em Psiquiatria da Faculdade de Medicina da USP oferece um ambiente de educação a distância aos seus pós-graduandos. Inserido na Plataforma MedUSP Digital, o ambiente proporciona aprendizado e atualização por meio de vídeos apresentados por especialistas e de recursos interativos.

O material didático está disponibilizado em 18 eixos: Psicopatologia e Diagnóstico, Dependência Química e Transtornos do Impulso, Interconsulta e Emergência Psiquiátrica, Neuromodulação, Psicogeriatria, Psicoses, Psicoterapia, Psiquiatria da Infância e Adolescência, Psiquiatria Forense, Sistemas de Saúde, Transtornos Alimentares, Transtornos da Sexualidade, Transtornos da Ansiedade e TOC, Transtorno de Personalidade Borderline, Transtornos de Somatização, Transtornos do Humor, Transtornos do Sono e Outros Temas (Cefaléias e Transtornos Mentais do Ciclo Gravídico-Puerperal).

Cada tema apresentado possui um espaço reservado para a postagem de dúvidas. Por meio do votador de perguntas, é possível identificar as questões mais frequentes entre os residentes. Com a Sala Virtual para Reuniões Online, essas dúvidas podem ser discutidas com os professores, por meio de web conferências. Estas podem ser gravadas e disponibilizadas off-line no ambiente educacional. Os residentes também terão a oportunidade de participar de enquetes digitais, com o objetivo de avaliar subjetivamente o programa de residência.

Os professores responsáveis pelo programa veem no uso da plataforma uma evolução no aprendizado. “Estamos em conformidade com as mais contemporâneas práticas educacionais, ultrapassando as barreiras da limitação física institucional e garantindo maior flexibilidade no acesso ao conteúdo”, analisa o professor Paulo Sallet. “Em nossa concepção, trata-se do caminho que internacionalmente tem sido feito em diversos serviços acadêmicos, ampliando recursos educacionais para o público a que se destina a plataforma”, completa o doutor Arthur Danila. Segundo o doutor Pedro Rosa, um dos principais benefícios do emprego da MedUSP Digital pelo Programa de Residência em Psiquiatria é “a disponibilização de grande corpo de conhecimento acumulado pelo departamento ao longo de diversos anos de forma permanentemente acessível”. Para o professor Eurípedes Constantino Miguel, titular do Departamento de Psiquiatria da FMUSP, os modelos de ensino e aprendizado na área médica estão em constante transformação e vão muito além da sala de aula. “Com a MedUSP Digital, os assuntos oferecidos podem ser abordados em um nível mais profundo”, ressalta.

Desde 2015, o Departamento de Psiquiatria da FMUSP emprega os recursos da MedUSP Digital para que os residentes possam avaliar, de maneira anônima, o trabalho dos supervisores de estágios e dos plantonistas de enfermaria e pronto-socorro. Os residentes, por sua vez, são também avaliados pelos professores em todas as suas atividades em cada enfermaria e ambulatório nos quais fazem estágio.

 

 

Comentários encerrados.