Telemedicina

Extensão Universitária (Jovem Doutor)

Atividades de Ensino

Extensão Universitária

Jovem Doutor: Educação e promoção de saúde por meio
de Teleducação Interativa

foto_01_extensao_jovem_doutor

O Projeto Jovem Doutor é uma atividade multiprofissional, a qual utiliza recursos de Telemedicina, educação a distância e do Projeto Homem Virtual, com o propósito de incentivar os estudantes dos ensinos médio e superior a realizarem trabalhos cooperados que promovam a saúde e melhorem a qualidade de vida de comunidades necessitadas, através de uma ação sustentada.

Trata-se de uma oportunidade de exercício de cidadania e de iniciação científica, com aplicação prática dos conhecimentos obtidos em sala de aula, sob a orientação dos professores. Proporciona aos alunos do ensino superior a compreensão das características da atenção básica em saúde. A partir da interação com estudantes de outras profissões, é possível promover a saúde global das comunidades selecionadas.

Para os alunos do ensino médio, o Projeto Jovem Doutor representa uma chance de inclusão digital e de aprendizado sobre saúde. Também possibilita o desenvolvimento de um papel social na sua própria comunidade, com o conhecimento da infraestrutura de saúde da cidade. Ainda permite aprender mais sobre a dinâmica de uma universidade, na fase da vida que antecede a escolha profissional.

• Curso de Extensão Universitária – 2013

foto_02_extensao_jovem_doutor

Foram disponibilizados, em um Ambiente Interativo de Aprendizagem, 30 temas sobre saúde baseados no Projeto Homem Virtual para capacitação de estudantes do ensino médio e profissionais e monitores de telecentros e/ou espaços culturais de saúde. A capacitação foi feita por meio de educação interativa a distância e abordou temas sobre álcool, drogas, tabagismo, audição, visão, pele, voz, coluna, locomoção, lesão medular, saúde bucal, DST e métodos contraceptivos, entre outros. O projeto teve o propósito de disponibilizar instrumentos de baixo custo para criação de Ambientes Interativos de Aprendizagem em Saúde, usando computação gráfica 3D do corpo humano (projeto Homem Virtual), interatividade (rede social baseada em website), multimeios de comunicação (vídeos, áudios e comunicação visual) e cartão do conhecimento, reunidos em uma caixa denominada de Kit Cultural Interativo de Aprendizagem em Saúde – série Juventude 1, para estimular o aprendizado baseado em vivência prática.

O projeto envolveu professores, equipe de profissionais, pesquisadores e alunos da Liga de Telemedicina da FMUSP na estruturação do ambiente educacional, com organização dos temas, preparação de situações práticas para fóruns de discussão, preparação de roteiros de orientação para realização de dinâmicas práticas dos temas abordados, preparação de textos de leitura complementar e infográficos.

• Curso de Extensão Universitária – 2014

foto_03_extensao_jovem_doutor

Vídeos dramatúrgicos mostraram situações do cotidiano, incentivando, em cada episódio, o debate relacionado a um tema sobre saúde. Os episódios fazem parte da série Geração Saúde 2, criada pela TV Escola, do Ministério da Educação, em conjunto com a Disciplina de Telemedicina (DTM) da Faculdade de Medicina (FM) da USP.

As produções em vídeo do Projeto Homem Virtual, desenvolvidas pela DTM para facilitar a compreensão de assuntos complexos relacionados à saúde e ao corpo humano, também foram disponibilizadas. Rápidas e objetivas, as imagens em 3D do Homem Virtual puderam ser empregadas pelos estudantes na difusão do que aprenderam em seus grupos de convívio, sejam familiares, colegas, vizinhos.

O curso contou com a participação ativa de seis estudantes de medicina (líderes de grupo) que acompanharam um votador de dúvidas com o objetivo de pesquisar as respostas para as questões recorrentes, que foram discutidas semanalmente com os responsáveis científicos do curso. A experiência do trabalho em grupo (Team-based Learning – TBL) ocorrida nesta edição do curso é tema de um trabalho científico.

Mais:
Liga de Telemedicina na Prática Médica participa de projeto de aprendizagem baseada em equipe (Team-based learning)